Menu

Moçambique: Jornalista Castelo-Branco explica lágrimas ao falar de Guebuza

Moçambique: Jornalista Castelo-Branco explica lágrimas ao falar de Guebuza

O jornalista Carlos Nuno Castelo-Branco explicou que as lágrimas que derramou na segunda-feira, após o julgamento que o opõe ao antigo Presidente Guebuza, “São lembranças do período da revolução”. Ele acrescentou: “São aqueles períodos que fazem parte da nossa vida, que nos marcam, que nos constroem como homens, como pessoas e, como cidadãos, foi só isso e mais nada”

O jornalista, académico e editor do jornal Mediafax, está sendo julgado num tribunal de Maputo por ter publicado, em finais de 2013, na sua página Facebook uma "Carta Aberta ao Presidente da República" na qual criticava a acção governativa de Armando Guebuza.
A sentença deverá ser lida em 16 de Setembro próximo.
Também Fernando Mbanze, editor do independente Mediafax, está no banco dos réus ao lado de Casteo-Branco, acusado de ter reproduzido a carta de Castel-Branco, e é acusado, igualmente, de crime de "abuso da liberdade de imprensa".

back to top