Menu

Joaquim Chissano internado na África do Sul


O antigo presidente moçambicano Joaquim Chissano encontra-se internado, desde 13 de Abril, no Hospital Militar de Pretória, capital da África do Sul, devido a uma infecção gastrointestinal.

O presidente Chissano ter-se-ia sentido mal a caminho da África do Sul, ido do Gana, onde, no último sábado, foi distinguido com o título "Doutor Honoris Causa", pela Universidade de Estudos e Desenvolvimento (UDS), deste país oeste-africano.
Na vizinha África do Sul, segundo um comunicado do Gabinete de Imprensa da Presidência da República em Moçambique,  Chissano deveria participar na reunião dos "Campeões para uma Geração Livre do HIV/Sida (Aids)", na qual tomaram parte os antigos chefes de Estado Festus Mogae (Botswana), Kenneth Kaunda (Zâmbia), Benjamin Mkapa (Tanzânia), e Alpha Konaré (Mali), antigo presidente da Comissão da União Africana (CUA).
"O antigo presidente apresenta um quadro clínico estável e com tendência para a melhoria, mas continua hospitalizado por decisão do corpo clínico, a fim de melhor acompanhar a evolução da sua saúde", indica o comunicado.
A nota acrescenta que o presidente da República, Filipe Nyusi, está em permanente contacto com o antigo chefe do Estado moçambicano e acompanha com atenção o seu quadro clínico.
Fonte: Panapress

back to top