Menu

Governo substitui chefias da Polícia e Guarda Nacional da Guiné-Bissau

Governo substitui chefias da Polícia e Guarda Nacional da Guiné-Bissau

O Conselho de Ministros do Governo da Guiné-Bissau decidiu substituir as chefias da Polícia de Ordem Pública (POP) e Guarda Nacional (GN).

Armando Nhaga, comissário nacional da POP, vai ser substituído no cargo por José Marques Vieira, que até aqui desempenhava as funções de inspector-geral do Ministério da Administração Interna (MAI). Tomás Djassi, comandante-geral da GN, cede o lugar a Fernando Marna, que era comandante-adjunto da mesma força.
As decisões foram tomadas na reunião do Conselho de Ministros de quinta-feira.
Djassi tinha sido designado para o cargo pelo governo de transição nomeado após o golpe de Estado militar de Abril de 2012. Nhaga já ocupava o cargo há mais tempo: foi escolhido enquanto Carlos Gomes Júnior era primeiro-ministro e continuou em funções depois do último golpe.
A reforma do sector da Defesa e Segurança é uma das prioridades apontadas pelo actual Governo eleito em 2014 e liderado por Domingos Simões Pereira. A ministra da Defesa da Guiné-Bissau, Cadi Seidi, anunciou este mês que até final do ano serão desmobilizados 500 elementos das forças armadas e de segurança do país, no âmbito da reestruturação do sector. A passagem à reforma de 500 elementos deverá abranger as categorias mais altas da hierarquia: "provavelmente não haverá muitos soldados, haverá mais oficiais" nesta fase, explicou a ministra.
Fonte: Lusa

back to top