Menu

PJ guineense investiga admissões para Parlamento por suspeita de fraude

PJ guineense investiga admissões para Parlamento por suspeita de fraude

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar as circunstâncias do último recrutamento de pessoal para a Assembleia Nacional Popular (ANP), por suspeita de fraude, disse ontem fonte dessa força policial à Lusa.

"Está em curso uma investigação ao último recrutamento na ANP, porque há fortes indícios de fraude nos testes de admissão", referiu a fonte.
Entre outras situações, há casos de concorrentes "que foram admitidos com uma nota final muito mais baixa do que a de outros, que tiveram melhor resultado no teste de admissão e não conseguiram lugar", acrescentou.
O recrutamento foi feito este ano e destinou-se a preencher vários lugares ao nível de funções administrativas e de secretariado.
Fonte: Lusa

back to top