Menu

Angola compra mais de 40% da exportação de vinhos portugueses

Angola compra mais de 40% da exportação de vinhos portugueses

O mercado angolano representa mais de 40% dos vinhos portugueses exportados, quota que vale 78 milhões de euros, disse, nesta terça-feira, à Lusa em Luanda Filipa Anunciação, gestora da Vinhos de Portugal em Angola.

"Angola é, sem dúvida, o principal mercado para os vinhos portugueses em termos de exportação, com mais de 40 por cento", disse Filipa Anunciação, que falava à margem da 5ª Prova Anual da vitivinicultura portuguesa em Angola.
A prova, que contou com um seminário dirigido pelo produtor Luís Pato, que abordou a diversidade dos vinhos portugueses, juntou centenas de pessoas no Palmeiras Clube, na capital angolana.
No evento participaram 80 produtores que apresentaram mais de 400 vinhos, produzidos e certificados de todas as regiões demarcadas de Portugal.
"Angola compra mais de 40% do vinho exportado, que corresponde a 680 mil hectolitros em 2012 e a 78 milhões de euros em termos de valor", salientou Filipa Anunciação.
A gestora acrescentou que a importância do mercado angolano é crescente, tendo 2012 fechado com aumento de 16,8% em valor e 9% em volume.
"Mostra não só um aumento do consumo dos vinhos portugueses, mas também que há uma tendência para consumir vinhos de melhor qualidade", acentuou.
O objectivo é crescer 19 por cento em valor até 2014.
A prova anual realizou-se 24 horas depois de, igualmente na capital angolana, a SOGRAPE Vinhos ter efectuado uma prova de vinhos, com a apresentação de tintos produzidos no Douro, pelo enólogo Luís de Sottomayor.
A iniciativa da SOGRAPE foi justificada à Lusa pelo seu representante em Angola, Jorge Torres, com o crescimento de cerca de 15 por cento do mercado angolano para as vendas da empresa em Angola e que valeram 11,5 milhões de euros em 2012.
Fonte: Lusa

back to top