Menu

Empresários norte-americanos concluem visita a Angola


Uma delegação de 20 empresários americanos terminou nesta quinta-feira uma visita de trabalho de quatro dias a Angola realizada por iniciativa da Embaixada dos EUA em Portugal.

O grupo reuniu-se com membros das sociedades de advogados MC&A e MVA – Mota Veiga Advogados, dos quais recebeu informações específicas sobre o sistema jurídico angolano e as oportunidades de investimento.
A delegação, que na terça-feira, teve encontros separados com empresários angolanos e membros do Executivo, visitou ontem a Refriango, especializada na produção e distribuição de sumos, refrigerantes, água e bebidas alcoólicas, e a Inovia, que produz electrodomésticos e e­quipamentos electrónicos.
Victor Marques da Cruz, fundador da MC&A, refere num comunicado que “há poucos anos notava-se algum nervosismo por parte de certos investidores norte-americanos em relação aos mercados africanos, apesar do seu reconhecido potencial, que agora gera um interesse mais particular”.
“Somos frequentemente contactados por empresas norte-americanas que pretendem esclarecer dúvidas, não somente sobre questões legais, mas também de carácter social e económico”, afirma o texto do escritório de advogados.
A delegação norte-americana termina hoje a visita com mais encontros em separado com representantes de empresas angolanas e com  representantes do Executivo. O investimento norte-americano em Angola incide fundamentalmente na indústria petrolífera, apesar de esforços institucionais para os fluxos de capital oriundos daquele país contribuírem mais para os esforços de diversificação de economia encetados pelo Executivo. A Câmara de Comércio Angola - Estados Unidos patrocinou no ano passado o envio de uma missão empresarial a Houston, Texas, onde esses assuntos foram analisados com potenciais parceiros. Outra missão está prevista este ano.
Fonte: Jornal de Angola

Last modified onSunday, 06 April 2014 22:27
back to top